segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Manifesto Susan B. Anthony Coven Número Um

Manifesto Susan B. Anthony Coven Número 1


Por Z. Budapest (Escrito na Primavera de 1971)

(Traduzido por Aphrodisiastes)

Nós acreditamos que bruxas feministas são mulheres que buscam dentro de si mesmas pelo princípio feminino do universo e que se relatam como filhas da Criadora.

Nós acreditamos que, assim como é tempo de lutar pelo controle de nossos corpos, também é tempo de lutar por nossas encantadoras almas femininas.

Nós acreditamos que, para lutar e vencer uma revolução que perdurará por gerações futuras, nós devemos encontrar meios confiáveis para repor nossas energias. Acreditamos que sem uma base segura na força espiritual das mulheres, não haverá vitória para nós.

Nós acreditamos que somos parte de uma consciência universal mutável que tem sido temida e profetizada pelos patriarcas.

Nós acreditamos que a consciência na Deusa forneceu à humanidade um período pacífico, duradouro e útil durante o qual a Terra era tratada como Mãe e as mulheres eram tratadas como Suas sacerdotisas.

Nós acreditamos que as mulheres perderam a supremacia por meio das agressões dos homens que haviam sido banidos do matriarcado e formaram as hordas patriarcais responsáveis pela invenção do estupro e pela subjugação das mulheres.

Nós acreditamos que o controle feminino do princípio da morte permite a evolução humana.

Nós nos comprometemos a viver uma vida afetuosa, individualmente e com nossas irmãs. Nós nos comprometemos com a alegria, o amor próprio e a afirmação da vida.

Nós nos comprometemos a vencer, sobreviver e lutar contra a opressão patriarcal.

Nós nos comprometemos a defender nossos interesses e aqueles de nossas irmãs por meio do conhecimento da bruxaria: abençoar, amaldiçoar, curar e amarrar por meio do poder enraizado na sabedoria feminina.

Nós nos opomos a atacar o inocente.

Nós estamos igualmente comprometidas com soluções políticas, públicas e pessoais.

Nós nos comprometemos a ensinar as mulheres a se organizarem como bruxas e a compartilharem nossa tradição com as demais.

Nós nos opomos a ensinar nossa magia e nossa arte aos homens até que a igualdade dos sexos seja uma realidade.

Nossa meta imediata é congregar umas com as outras de acordo com nossas antigas leis femininas, e lembrar nosso passado, renovar nossos poderes e afirmar nossa Deusa de Dez Mil Nomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário